prescrição médica

Nunca vi médico prescrever passeio no parque três vezes por semana, sair para dançar com os amigos, ficar uma hora por dia em um lugar público ao ar livre, tomar vento na cara, ir à piscina ao menos uma vez por semana, sentar-se ao ar livre quinze minutos por dia e ficar simplesmente olhando. Recomendar,…

mobiliário urbano comunitário

Praça Elis Regina, uma hora da madrugada. Colocam mais uma peça de carne na churrasqueira, a brasa segue vermelha. Na noite quente do Butantã, churrasco de amigos na praça, verão chegando. Ninguém teve medo de ser assaltado durante a festa, nenhum vizinho reclamou de barulho, nenhuma viatura parou para averiguação. Festa comunitária, vida e celebração…

relatividade

Vinte minutos, dependendo do lugar em que você está, são suficientes para sair de casa, tomar um café, comprar algo no mercado, prosear com alguém que você encontra na rua e ainda chegar pontualmente no compromisso. Vinte minutos ali valem muito. Agora chegue em São Paulo com vinte minutos no bolso para ver o que…

varrição

“Chega. Acabou. Agora saiam do caminho.” Sem dizer palavra, a polícia dá sua mensagem apenas com seu movimento de tropa pela avenida. A cena se repete todos os domingos. Depois de ficar horas fechada para veículos motorizados, e portanto livre para o uso das pessoas, a avenida Paulista precisa ser devolvida aos automóveis. Para isso,…

primavera vermelha

Cinco anos se passaram desde que cheguei ali pela primeira vez. Apenas peguei a estrada numa manhã de sábado, certo de encontrar o destino. Aquela primavera me levou à Comuna da Terra Irmã Alberta. Vi ali alegria, companheirismo, acolhimento. Tomei café, ouvi música de luta e esperança, recebi o almoço em comunhão. Muitos sorrisos. Humanidade….

quatro mil euros

Enquanto o Brasil continua subsidiando a compra e o uso de automóveis, há países que incentivam diretamente a migração modal do carro para a bicicleta. Quem mora na França pode receber até 4.000 euros para ajudar na compra de uma bicicleta elétrica ou convencional. Em troca, deve enviar seu automóvel para ser sucateado. O benefício…

país da terra dura

Faz pouco mais de dois anos que voltei a morar aqui. Retorno inesperado e às vezes confuso aos territórios da infância. O sonho de morar a alguns quarteirões da escola do meu filho e o desligamento de uma relação de trabalho diário na Paulista me fizeram rever promessas e cá estou, de novo, no Butantã….

conversa sobre o tempo

Vinte graus. A brisa passa refrescando a noite, temperatura perfeita para pedalar pelo bairro ou viajar até uma cidade vizinha, só pelo prazer de sentir o vento na cara. Com esses vinte graus dá para sair de bermuda e camiseta. Uma blusa na bagagem nunca é demais, mas certamente voltarei para casa sem usá-la. Afinal…

visão dos pássaros

“Enquanto os olhos do corpo permanecem perto do chão, o olho da mente – que é testemunha dessa representação em mapa – está lá em cima, com os pássaros.” (Tim Ingold, 2000) Procuro no mapa o meu caminho até um lugar desconhecido. Localizo o ponto onde quero chegar. Encontro por ali uma grande via que…

invasão das bicicletas

Uma cidade do tamanho de São Paulo não pode se contentar com apenas uma Bicicletada. É verdade que nas regiões centrais estão os tomadores de decisão, os repórteres da imprensa mais influente e as avenidas que adoramos parar com uma massa de ciclistas. Isso seria um argumento para concentrar a mobilização em um ato único….

quinze minutos

Escolhemos morar em cidades para estar perto de outras pessoas, do comércio, dos serviços e oportunidades profissionais que não existem no campo. Porém, cá estamos e quase tudo está longe. Precisamos viajar diariamente dentro da própria cidade até para ter o básico. Onde foi que erramos? A ideia de cidade de quinze minutos propõe uma…

ruas de viver

Elas existem. Apesar de serem hoje relativamente poucas, ainda é possível encontrar ruas de lazer na cidade. Nelas, aos domingos e feriados o tráfego de automóveis fica proibido e a via se torna um espaço livre para as pessoas. Na infância, eu ficava bastante impressionado quando, em certos lugares da cidade, encontrava aquelas placas raras…

varan-dô

Entre o aqui dentro e o lá fora, existe um espaço liminar onde parte da vida precisa acontecer: a varanda. A necessidade humana de não fazer nada encontra aí o ambiente perfeito. Estrategicamente localizada lá fora, onde estão o vento, as árvores, as luzes do dia, os cheiros da noite, mas ao abrigo do sol…

bambu

Junho de 2012. A página de notícias da prefeitura de São Paulo anunciava o programa Escolas de Bicicletas dizendo ser o “único de formação de ciclistas urbanos do mundo”. Por meio desse programa, os então 45 CEUs (Centros Educacionais Unificados) da cidade receberiam bicicletas de bambu equipadas com bagageiro, alforje, espelho retrovisor, iluminação e buzina,…

destino

Tempos de confinamento e trabalho remoto, a rua vai ficando longe, ou apenas para saídas estritamente necessárias. Para diversão, não pode. A preguiça começa a se misturar aos julgamentos. Preciso mesmo sair? Deixa pra lá. Eis que surge um motivo qualquer para sair de bicicleta: encontrar alguém que você não vê há tempos, uma questão…

cidade vizinha

Uma das coisas boas de morar em cidade pequena é ter que pegar a estrada para ir até outra cidade fazer compras, resolver coisas, visitar pessoas. Ter estrada na vida faz bem para a cabeça. Quem vive em uma mancha urbana contínua e interminável também viaja, muitas vezes o mesmo tanto ou até mais. Apenas…

paisagem urbana

Localizada na borda de um morro, esta praça costumava ser um local para apreciar a vista da cidade. Tanto que ganhou o nome de Mirante da Vila Gomes. Só que a vegetação cresceu. A folhagem é linda, forma uma parede verde que envolve aquele espaço. Porém a praça perdeu um de seus atrativos mais especiais….

guerra contra o lazer

Tempos de pandemia, tudo está fechado na cidade, exceto aquilo que é considerado essencial, como farmácias e mercados. Então, na véspera do dia dos namorados, a prefeitura autoriza a reabertura de shoppings. Parques públicos, nem pensar em reabri-los. Eles continuariam fechados ainda por bastante tempo depois disso. O recado é claro: você pode sair de…

chuva

Gente se espreme sob as marquises, motociclistas vestem suas capas, ônibus fecham as janelas, ciclistas aceleram para esquentar, pois encharcar-se é inevitável. Quem pensava em ir a pé ou de transporte público tem agora uma boa desculpa para ir de carro, caso tenha um. O chão vai lavando, o ar refresca, as agendas bagunçam. Atrasos…

quando existe respeito

Um bonde passa a centímetros das bicicletas e nada de ruim acontece. Bicicletas, eventualmente carregando crianças, ficam encurraladas no meio da intersecção, entre o bonde e um automóvel. Ninguém encosta em ninguém. Automóveis aproximam-se calmamente da intersecção cheia de ciclistas e pedestres e esperam sua vez de passar. Nenhuma buzinada, ninguém acelera ou joga o…

caminho

“O Caminho é o Vazio E seu uso jamais o esgota.” Lao Tse Firmo em lótus sobre a pedra. Entre céu e terra, imenso fole expande e contrai. Energia para todo universo. Vento infinito do mar em meu rosto. Ondas vêm e voltam sem intenção. Observo. Mente vazia, sou leve. Mão vazia, sou forte. Estrada…

o feio e o desconhecido

Avenida periférica, longos quarteirões desertos, imóveis comerciais fechados, as portas pichadas, cimento quebrado, ninguém caminha pela calçada. O asfalto deformado da pista faz tremer a bicicleta, fico atento a qualquer buraco que pode aparecer à frente. As travessas desta avenida dão em ruas residenciais onde o vazio da noite nos faz desconfiados. As pessoas já…

azar ou sorte

Clichês fazem o mundo girar. Se isso infelizmente se aplica à comunicação como um todo, é assim mais ainda no jornalismo esportivo. No ciclismo de estrada, é comum que atletas de destaque ganhem apelidos: Eddy Merckx, O Canibal; Alberto Contador, El Pistolero; Bernard Hinault, O Texugo. Ativo nos anos 1960 e 1970, o francês Raymond…

SP-312

Moro na beira da Estrada de Ytu. Seu primeiro trecho é reto e plano, até que ela encontra uma pequena ponte sobre o Córrego Pirajussara Mirim. Passada a ponte, começa a subir em direção ao divisor que separa as águas do Ribeirão Pirajussara e do Ribeirão Jaguaré. É nessa subida que, ao fim de uma…

proteger os outros

Nas estações e trens da CPTM, estão veiculando desde o dia 8 de maio uma excelente campanha para incentivar o uso de máscaras, bem diferente daquilo que vem sendo dito em outros meios de comunicação. “A minha máscara te protege, a sua máscara me protege.” O texto é claro e sintético ao passar uma instrução…

a grande árvore

Era uma vez uma grande árvore cheia de frutos maduros, no ponto de serem colhidos. Bastava balançar a árvore que os frutos caíam, prontos para serem saboreados. A árvore estava muito carregada, qualquer que fosse o lugar sob ela, cairia uma quantidade igual de frutos. Era o resultado de meses de trabalho, em que as…

pautada

Ato de violência verbal em que se usa a pauta da reunião para cortar, abreviar, deslegitimar ou invalidar a fala de uma pessoa. Assim como a carteirada, a pautada faz parte do conjunto dos gestos agressivos da conversação. É obviamente muito prejudicial no relacionamento entre as pessoas, sobretudo quando acontece em um grupo de trabalho…

voltar para frente

Com as medidas de isolamento para conter a propagação do vírus, as ruas estão vazias de automóveis. Baixou a poluição sonora, a poluição atmosférica, a poluição visual. Ninguém precisa de instrumentos de medição ou dados estatísticos para perceber essas mudanças. Este período de exceção proporciona aos habitantes das grandes cidades experiências sensoriais de uma paisagem…

mobilidades e ironias

Por meio de uma extensa rede mundial de transportes, um vírus sai de uma longínqua região no oriente, faz conexão na Europa e desembarca em São Paulo, em meios sociais abastados. Graças à mobilidade social existente no Brasil, logo atinge pessoas com menos recursos. Para conter a mobilidade do vírus, é preciso desativar o sistema…

dupla mensagem

Na porta do bicicletário há uma placa onde se vê uma bicicleta com uma tarja diagonal vermelha, símbolo internacionalmente interpretado como “proibido”. Até dá para entender qual foi a mensagem que quiseram passar com essa placa, mas o resultado é bem inusitado. Será que ninguém notou como a combinação é quase surreal? O conceito de…

sair de casa

Uma pesquisa feita pela Fundação SEADE fez um breve levantamento, nas diferentes regiões do município de São Paulo, dos hábitos de deslocamento de seus habitantes, assim como de sua percepção sobre oferta de serviços e equipamentos. Ainda que os dados sejam apresentados de maneira bastante sumária no relatório publicado, dá para ver ali algumas tendências…

campo minado

O desprezo de algumas pessoas pelo espaço público é marrom, tem consistência pastosa e cheiro característico. Agora tem também embalagem: um saquinho plástico amarrado pelas alças e largado na rua. Hoje é um pouco mais comum a prática de recolher o cocô que o cachorro deposita nas vias públicas. Ao saírem com seus animais para…

nada a perder

O fato de estar dentro de um automóvel influencia, de várias maneiras, a forma que a pessoa tem de ocupar o espaço e se relacionar com os outros. Imagine um automóvel que segue por uma via de três faixas. Esse motorista precisa virar à direita na próxima esquina, portanto deveria já estar na faixa da…

o último trem de Itaquera

Ao pagar a passagem e passar pela catraca do metrô, o usuário obtém o direito de se transportar usando as diversas linhas e sair do sistema em qualquer uma de suas estações. A entrada no sistema é garantida até a meia-noite, e se o usuário passou pela catraca até esse horário, tem assegurado o direito…

capacete

Usar ou não o capacete para pedalar é uma escolha individual de cada pessoa, pois diz respeito ao seu próprio corpo. Pesar argumentos contra e a favor é algo que cabe a cada um fazer em relação à própria prática, e não com a finalidade de convencer os outros. Está fora dos propósitos deste blogue…

bioindicadores

Certos locais da cidade sofrem processo de desertificação. O desenho viário e o uso do solo são talvez os maiores determinantes desse processo. Vias expressas, por exemplo, são locais que tendem à desertificação total. Formam paisagens urbanas extremamente hostis, lugares desagradáveis de se estar ou caminhar. Cada vez menos gente vai querer andar por ali,…

superpoderes

Para que o espaço comum possa ser compartilhado, é preciso que as pessoas ajam com bom senso e respeito ao direito de todos que ali convivem. Como o bom senso nem sempre está presente, existem as regras de convivência. Fica então combinado que as pessoas seguirão aquelas regras sempre que estiverem ocupando o espaço comum….

de baixo para cima

Nem sempre o trajeto proposto pelos desenhistas e planejadores urbanos é o mais interessante para os usuários de uma infraestrutura. No nível da rua, cada um escolherá o trajeto que julgar mais fácil, mais seguro, mais curto, mais confortável. A partir de milhares de decisões individuais, cada um com seus critérios, emerge um comportamento coletivo,…

refugiados

Estão a horas de suas casas. Longe de seus territórios. Na região central da metrópole, embarcam no metrô trazendo seus pertences em sacolas de supermercados. Carregam bagagem para passar o dia fora. Um pacote aberto de salgadinhos industrializados é sua refeição em trânsito, nem sempre há tempo ou dinheiro para sentar e almoçar decentemente. As…

sossego à venda

Uma importante estratégia da sociedade de consumo para gerar demanda é tirar das pessoas algo que elas têm por natureza para depois vender de volta a elas. Tira a saúde, oferecendo cidades poluídas e uma vida semelhante a uma corrida de ratos, enchendo as pessoas de depressão e câncer, e então vende planos médicos, remédios…

espaço compartilhado

Segregar os diferentes modais de transporte não necessariamente é a melhor forma de aumentar a segurança viária nas cidades. Shared space, ou espaço compartilhado, é um conceito de planejamento urbano e viário no qual as vias públicas, especialmente em áreas centrais de baixa velocidade, são organizadas com o mínimo possível de barreiras, separações e sinalizações….

regras à brasileira

Na rampa de acesso à ciclofaixa do Rio Pinheiros a partir da ponte Cidade Universitária existe uma placa dizendo que não é permitido passar ali montado na bicicleta. O ciclista deve desmontar e caminhar, conduzindo a bicicleta ao seu lado. Porém, já faz alguns anos que é permitido subir a rampa montado, já que a…

“sai da frente, seu jeca!”

[Texto publicado simultaneamente na Socialista Morena.] “As ruas de Chicago pertencem à cidade, não aos motoristas.” Parece frase de ativista da bicicleta ou da mobilidade a pé, ou talvez de um urbanista visionário contemporâneo. Mas é de um juiz municipal, em sentença num processo de 1913 envolvendo pedestres e motoristas, cujo objeto era a legitimidade…

o paradoxo do otimismo

Nossa época exige que sejamos otimistas. Sem isso, não há sentido em gastar tanta energia para tentar tornar a vida um pouco melhor. Hoje a vida nas grandes cidades é orientada para os automóveis. Espaço público precioso é desperdiçado para servir de estacionamento. Estabelecimentos de comércio, serviços e espaços de convivência são pensados para quem…

cancelas esquisitas

Pedestres e ciclistas ocupam o espaço comum sem nada que os isole uns dos outros. Assim, podem negociar a passagem apenas com troca de olhares ou até com palavras, se for necessário. Semáforos foram inventados para dispensar os motoristas de ter que negociar, tornando possível trafegar em maiores velocidades quando a luz estiver verde. Aos…

gênesis

No princípio, era o vazio. Então o Criador fez a terra, os mares, as florestas e os animais. Fez também as cidades, as casas, os edifícios e os carros. Completando a paisagem, o Criador fez as ruas para os carros passarem. Fez as calçadas para facilitar o acesso dos carros às casas e edifícios. Poderiam…

caminhos de água

Nas montanhas da Serra da Mantiqueira, no sul de Minas Gerais, nasce o Jaguari, rio da onça. Vem descendo por Camanducaia, Itapeva e Extrema, como um viajante que vai de Minas para São Paulo. Sem perceber, cruza a divisa de estados, e então é represado. No cativeiro, conhece o Jacareí, rio do jacaré, que passa…

automobilização

Já se falou aqui sobre motoristas em bicicletas. Este episódio mostra mais um caso concreto. Fazia eu tranquilamente o meu treino no campus da USP, em um circuito que criei com objetivos específicos. Há nele um único e curto trecho em leve ascensão, no qual a proposta é manter a cadência até o fim da…

mais congestionamentos

Serviços como ubers e similares aumentam os congestionamentos. Mas como isso é possível, se estamos falando de um passageiro que deixou o carro em casa ou, eventualmente, nem carro tem? Esse tipo de transporte, assim como o taxi, não é uma alternativa bem mais sustentável que o carro particular? Parece que estamos diante de um…

se carro não passa, ninguém passa

As ruas de uma cidade servem para a convivência, os encontros e a fruição do espaço urbano. Porém, na cultura urbana rodoviarista vigente em São Paulo e provavelmente outras cidades brasileiras, acredita-se que as vias públicas existem com uma outra finalidade: “as ruas foram feitas para os carros passarem”. Dessa crença, decorre a seguinte conclusão:…

ciclovias, ciclofaixas

Ciclovias e ciclofaixas são dois tipos de infraestrutura cicloviária com características específicas, mas os termos são muitas vezes usados de maneira confusa. É bem comum que ciclofaixas sejam chamadas de ciclovias. A forma como a legislação paulistana define os termos não é muito precisa nem estável. A definição de ciclovia, por exemplo, é diferente entre…

carros elétricos e a cidade do futuro

Os automóveis elétricos chegarão mais cedo ou mais tarde, e a tendência é que eles substituam a frota de veículos movidos a combustível. Muitas pessoas estão vendo nisso a grande salvação para a mobilidade urbana, pois acreditam que os carros elétricos vão eliminar os males causados pelos carros com motor de combustão. Para sistematizar um…

no controle

O que é mais perigoso: andar de bicicleta a 15km/h ou a 45km/h? Pedalar mais rápido não necessariamente implica um aumento do risco. E pedalar mais devagar não necessariamente implica um aumento da segurança. Obviamente o impacto, a dor e o dano aumentam com a velocidade, mas o que está em questão aqui não é…

analfabetismo cartográfico

Utilizar um mapa é uma habilidade como qualquer outra: desenvolve-se com a prática. Requer o conhecimento de uma linguagem, alguma noção espacial e um pouco de imaginação. Em nosso dia a dia, executamos diversas tarefas triviais, muitas vezes sem perceber que elas também requerem algum tipo de habilidade: montar um brinquedo infantil, escrever um recado,…

balanço 2017

Segundo dados do Infosiga, 359 ciclistas perderam a vida no estado de São Paulo em 2017. Isso representa um aumento de 2,9% em relação aos 349 mortos em 2016. Se considerarmos apenas os municípios da Região Metropolitana de São Paulo, o aumento em relação ao ano anterior é bem maior: 32,3% (65 mortos em 2016;…

mobilidade ativa e direito à cidade

[Texto publicado simultaneamente na Socialista Morena, com o título “Vai a pé ou vai de carro? A expropriação do espaço público pelo automóvel”.] Um casal aparentando uns 80 anos entra no vagão do metrô. Alguém levanta e oferece o acento preferencial. Eles agilmente declinam, sorrindo. “Vamos descer logo”. Então eles se abraçam num gesto apaixonado…

recomeço

Tente imaginar como seria dar um reset numa cidade. Diante de uma oportunidade para recomeçar, que caminho você acha que a sua cidade escolheria? Em 2011, a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, foi atingida por terremotos, sendo um deles bastante violento. Além das 185 mortes, a área central foi arrasada, ruas e avenidas racharam…

a bala que nos mata

Dizem que, na China, a família de um condenado à morte é obrigada a reembolsar o Estado pelo custo das balas que tiraram a vida de seu parente executado. A humilhação é dupla. Além de levar embora uma pessoa querida, o Estado ainda deixa claro que cabe a você pagar pela despesa que ele teve…

primavera

Numa tarde de setembro, este blogue quase acabou. Perdeu o sentido, saiu da estrada, tombou sem alcançar destino. Curva perigosa, daquelas onde fica depois uma cruz fincada no barranco, a guardar memória. Uma força então veio me despertar. Eu estava cercado de flores. Vivas. Luz dourada brilhava sobre a terra. Um perfume divino. Era tempo…

comandar e punir

Estar no espaço comum implica conviver com formas diferentes de ocupá-lo. Uns têm pressa, outros querem ver e viver o caminho. Alguns são atentos ao que acontece ao redor, outros só têm olhos para seu mundo interior. Há os que têm dificuldades ao conduzir seu automóvel ou sua bicicleta e há os que esbanjam habilidades…

estacionamento gratuito

Subsídio é o pagamento que o poder público faz a um agente econômico para cobrir uma parte ou todo o custo de uma atividade. Por meio de subsídios, os governos incentivam ações consideradas importantes, seja pelos seus benefícios diretos, seja pelos reflexos sociais ou econômicos que elas geram. Há países em que os incentivos são…

zero absoluto

O automóvel é um meio de transporte poluidor, ineficiente, barulhento e perigoso. Em grande quantidade, os automóveis atravancam a cidade e atrapalham a vida das pessoas que querem se deslocar ou simplesmente estar nela, usufruir dos encontros que ela proporciona. Porém, por motivos econômicos, uma parte enorme do espaço da cidade foi tornada de uso…

todos estão certos

O sujeito entra de carro na viela que dá acesso à praia, onde existe uma enorme placa ‘proibido automóvel’. Os pedestres têm que se espremer junto ao muro para que o sujeito passe com seu carrão. Um deles reclama, dizendo que não pode entrar de carro ali. O sujeito responde agressivo: “Não está vendo que…

olho no olho

Escolhemos viver entre as máquinas, precisamos aprender a conviver com elas. Elas têm sua própria linguagem, comunicam-se através de gestos e sons. São bastante enfáticas ao realizar demonstrações de força e atos de intimidação. As máquinas criam suas próprias formas de interação e isso estabelece as leis das ruas. Ao optar por dirigir, o motorista…

motivos

A avenida tem ciclovia. Mas mesmo assim, você vê um ciclista trafegando pela rua. Antes de criticá-lo, você pode ao menos supor que ele tem os seus motivos. Afinal, ele está abrindo mão de usar um espaço que, supostamente, deveria tornar seu deslocamento mais fácil e seguro. Acontece que isso nem sempre é verdade. Há…

o jogo da porta

Abre a porta do metrô. Aqueles que vão entrar no trem deveriam esperar a saída dos outros passageiros para, só então, embarcar. Pelo menos é o que pede a sinalização das estações e a voz que vem dos alto-falantes. E mesmo que não existissem essas orientações, deveria ser o gesto natural de qualquer pessoa capaz…

troca justa

Críticas e agressões de caráter legalista são muito comuns contra ciclistas e pedestres. — Ciclista, pare no sinal vermelho. Se você quer uma cidade diferente, comece fazendo a sua parte. — Pedestre, atravesse somente na faixa. Você sabe muito bem que na Europa as pessoas são multadas quando atravessam fora da faixa. Pera lá, não…

escala social

Conta-se que existe uma espécie de acordo tácito nas autoestradas alemãs quanto à prioridade na passagem, tendo como critério a marca do carro: Porsche, Mercedes-Benz, BMW, Audi, Volkswagen (em ordem decrescente de prioridade). Assim, motoristas que viajam num automóvel inferior seriam moralmente obrigados a ceder a passagem a alguém que vem num automóvel superior. Naturalmente…

seu lugar

Ciclista. A calçada não é o seu lugar. Calçada é o espaço dos pedestres. Ainda assim, tudo bem se eventualmente você pedalar pela calçada. Pode ser mesmo necessário em algumas situações. Mas comporte-se como alguém que sabe que não está no seu lugar. Dê prioridade absoluta aos pedestres. Ande na velocidade de um pedestre. Peça…

pedestres na ciclovia

Construíram ciclovias nos canteiros centrais das avenidas. Em alguns casos, havia uma calçada ali. Em outros, um belo gramado com árvores. É natural que os pedestres continuem usando esse lugar, pois é muito bom caminhar pelo canteiro central. Só que o projeto ignorou os pedestres. Nesta cidade, é comum que os pedestres sejam ignorados. Muitos…

duas soluções

Diz a lenda que, numa certa província, algumas pessoas estavam sendo enterradas vivas por engano. Ninguém sabia como isso estava acontecendo, mas o fato é que um dia, ao andar pelo cemitério, alguém notou que alguns túmulos haviam sido forçados por dentro para serem abertos, levando a concluir que aquelas pessoas haviam sido enterradas vivas….

ciclovias holandesas

O filme How the Dutch got their cycle paths, produzido por NL Cycling, é um documentário curtinho e de muito bom gosto que resume em poucos minutos a história da infraestrutura cicloviária da Holanda (assistir ou baixar). “Alguns acreditam, incluindo muitos holandeses, que as ciclovias sempre estiveram lá”. O filme mostra que não é bem…

alternativa

Ao anunciar notícia sobre a falha que está ocorrendo em algum ponto do sistema de transporte coletivo, o radialista pede a atenção dos ouvintes potencialmente interessados na informação que segue. – E atenção, você que depende do transporte público! Note que ele não diz “você que utiliza o transporte público”, mas sim “você que depende…

passagem livre

Semáforos existem por causa dos automóveis, conforme já foi discutido aqui em outro texto. Ciclistas e pedestres podem olhar-se nos olhos, e isso permite que negociem a passagem de maneira segura quando se encontram em uma intersecção de caminhos. Por serem leves, podem parar quase que instantaneamente se for necessário, evitando colisões. Em muitos casos,…

fazer respeitar

Nesta cidade francesa, a plaquinha vai bastante além de dizer que “é proibido pisar na grama”. Faz um verdadeiro ato civilizatório. foto: março/2016 “Para o acordo de todos, RESPEITE e FAÇA RESPEITAR o GRAMADO e o JARDIM. Obrigado.” É no faça respeitar que está a parte mais importante da mensagem. A conservação do espaço comum,…

autoria

Se você é ou aspira ser um geninho, fique à vontade. Entendo a sua escolha. Ser geninho é cada vez mais importante neste mundo mágico e narcísico, em que a reputação é fator de sobrevivência. Seja sim um geninho. Escreva textos geniais em seu blogue, solte frases incríveis nas conversas de boteco. Mas seja um…

contramão

Esta combinação de placas é frequente, na França, em vias locais. foto: março/2016 A de cima indica “sentido proibido” e equivale à nossa placa com uma seta para cima cortada por uma faixa vermelha. E a placa de baixo complementa a regulamentação, dizendo “exceto bicicletas”. Portanto, a via é de sentido único para veículos motorizados…

jane

Algumas teorias do urbanismo defendem que, no planejamento de uma cidade, deve haver um lugar para cada tipo de uso. Lugar de morar só serve para morar, e portanto não deve haver aí qualquer outro tipo de atividade. A expressão ‘zona estritamente residencial’ vem dessa ideia de cidade. Nos lugares para trabalhar, você encontra prédios…

bomba de sementes

Imagine se de cada grande centralidade regional de São Paulo começasse a brotar, na última sexta-feira de cada mês, uma concentração de bicicletas que saísse numa pedalada em protesto por mais respeito, espaço e visibilidade para os ciclistas. Um dia por mês, ciclistas mobilizados começariam a pipocar pela cidade inteira. Haveria de fato muitos ciclistas…

cenografia

Às vezes, um objeto é escolhido e utilizado exclusivamente por seu valor simbólico. foto: outubro/2015 As bicicletas coroam a decoração deste estande de vendas de imóveis. O local será visitado por especuladores a fim de investir nesse ativo com grande potencial de valorização. Afinal, além de boa localização, tem conceito. Tem estilo de vida. Tem…

individual e privado

A permissão para que os táxis circulem pelos corredores e faixas exclusivas de ônibus carece de justificativa lógica, e só pode ser compreendida como uma vergonhosa concessão feita pelo poder público a certa parcela da população que se recusa a utilizar qualquer outro meio de transporte que não o individual e privado. Tal qual crianças…

capuz

Ao fazer o seu trabalho, o carrasco usa um capuz. Isso lhe garante o anonimato. Ele oculta a face para garantir que em nenhum momento vai se sentir constrangido por fazer o que está fazendo. Quando se pratica um gesto moralmente condenável, é melhor não oferecer o próprio rosto ao conhecimento dos demais, especialmente daqueles…

faixa exclusiva

Alguém teve a estúpida ideia de criar uma faixa exclusiva para aquelas pessoas que caminham sem olhar para frente, preocupadas apenas com o brinquedinho que levam em mãos. Isso aconteceu em uma grande cidade belga, na área de pedestres da região central. Seja de admiração, seja de desespero, a notícia faz rir, dizendo que a…

causa e efeito

No dia 28 de junho de 2015, data da inauguração oficial da ciclovia da avenida Paulista, ocorreu também um outro evento, de igual ou maior importância: o fechamento da avenida Paulista para os veículos motorizados. Enquanto a prefeitura diz estudar a possibilidade de passar a fechar a avenida regularmente todos os domingos, assim como acontece…

novo hábito

Um novo hábito parece estar sendo cada vez mais adotado pelos motoristas paulistanos: usar o velocímetro. A proliferação — muito bem-vinda — de sensores de velocidade pelas vias de São Paulo tem ensinado os motoristas que velocidade máxima existe, podendo contribuir para levar a cidade a um novo patamar civilizatório. Hoje dá para ver que…

épico 2015

ÉPICO 2015 Solo, 6 dias, aproximadamente 490km. dia 1: São Paulo – Bragança Paulista dia 2: Bragança Paulista – Munhoz dia 3: Munhoz – Cambuí dia 4: Cambuí – Paraisópolis dia 5: Paraisópolis – São José dos Campos dia 6: São José dos Campos – São Paulo Trajeto completo aqui. Definição de Épico aqui. Leia…

crimes no acostamento

O acostamento é um espaço importante de uma estrada ou rodovia. Do ponto de vista dos motoristas, a importância está em ser uma área de refúgio para quem, por qualquer motivo, precisa parar. Seja uma parada obrigatória (pane mecânica, mal estar do condutor ou de algum passageiro), seja uma parada não tão obrigatória (consultar um…

assertividade

A segurança do ciclista depende em grande parte da maneira como ele ocupa o espaço. Quando você está usando um pedaço da via pública para trafegar, é muito importante deixar claro para o motorista que você já está ali. Somente depois de entender que um determinado espaço da via já está ocupado é que o…

ficha técnica

EQUIPAMENTO: FICHA TÉCNICA: Peso total: 1150kg Quantidade de aço: 738kg Quantidade de plástico: 105kg Quantidade de alumínio: 77kg Quantidade de borracha: 58kg Área ocupada em repouso: 26m² Potencial de letalidade: 112 pessoas por dia Número médio de passageiros: 1,4 Velocidade média: 15km/h O que você está esperando? Vá correndo buscar o seu! À venda nas…

tempos difíceis

Um depoimento provável. Hoje eu não vivo sem meu GPS. Para qualquer lugar que eu vá, ele me diz o caminho a fazer. E fico lembrando daqueles tempos difíceis em que não existia GPS. A gente perdia um tempão pensando no melhor caminho até o destino. Tinha que aprender nomes de ruas, olhar placas e…

contato com a cidade

Há muita diferença entre ir de um ponto ao outro a pé ou de bicicleta e ir de um ponto ao outro dentro de uma bolha de aço. No primeiro caso, você passa por dentro da cidade. No outro, você desvia dela. O desvio não é por afastamento geográfico, mas simplesmente pela perda de contato….

motoristas na ciclovia

É muito comum encontrar motoristas trafegando pelas ciclovias e ciclofaixas, especialmente na ciclofaixa dominical. Mas não estou falando daqueles que invadem esses espaços com seus automóveis. Estou me referindo aos ciclistas que se comportam como motoristas. Muda o meio de transporte mas não muda a atitude. Tem aqueles que têm muita pressa e gostam de…

habilidades atrofiadas

Quando alguém que antes só dirigia começa a pedalar, aos poucos vai recuperando algumas habilidades que, devido à falta de necessidade, acabaram ficando atrofiadas. Falo aqui não de habilidades físicas, como equilíbrio ou coordenação motora, mas de habilidades cognitivas, mentais. A memória, por exemplo, é uma habilidade cognitiva sujeita a ficar atrofiada pelo desuso. O…

futuro mágico

Um curioso documentário, chamado Soluções para o Trânsito, pode ser encontrado na internet e provavelmente já foi ao ar pelo canal pago Discovery Channel. Trata-se de uma produção desse canal em parceria com a CCR, grupo privado que detém a exploração comercial de boa parte das rodovias que dão acesso à capital paulista, de algumas…

polos geradores de tráfego

Polos geradores de tráfego são, na definição do DENATRAN, “empreendimentos de grande porte que atraem ou produzem grande número de viagens, causando reflexos negativos na circulação viária em seu entorno imediato e, em certos casos, prejudicando a acessibilidade de toda a região”. Alguns exemplos tradicionais de polos geradores de tráfego: supermercados, shopping centers, universidades, estádios,…

razão

Fui com um amigo ao centro, ele ia passar uns dias no sertão e estava providenciando os equipamentos que faltavam para a viagem. Entramos numa loja e ele começou a examinar uns facões, daqueles com lâmina de uns cinquenta centímetros. Ele me mostrou a faca, segurando com as duas mãos, e brincou: — Isso aqui…

cruzamento de fluxo

Ao trafegar por vias urbanas ou estradas, o ciclista normalmente se posiciona junto ao bordo direito da pista, já que aí é a posição mais segura para se trafegar, além de ser também essa a orientação da legislação de trânsito. Quando existe, por exemplo, uma bifurcação na qual o ciclista seguirá pela opção da esquerda,…

medo

As pessoas daqui vivem cercadas, enjauladas. Autoenjauladas. Fazem isso porque têm medo. Têm muito medo. Vidros pretos, SUVs, grades, cercas eletrificadas, câmeras, seguros, serviços de segurança privada, blindagens, condomínios com área verde privativa, tantos produtos da indústria do medo, um setor da economia em franco crescimento. O volume de negócios que esse setor movimenta, um…

duas cidades

Vamos imaginar duas cidades e chamá-las de cidade X e cidade Y. Estamos na cidade X, e lá vem uma pessoa passeando com seu cachorrinho. Então o cachorrinho resolve defecar. Após o ato, o dono simplesmente continua o seu passeio, deixando lá aquele montinho de merda sobre a calçada. Algumas pessoas veem o episódio mas…

crianças mimadas

Toda criança, um dia, descobre que não é o centro do mundo. Isso acontece especialmente quando ela começa a frequentar a escola. Nesse momento ela é obrigada a perceber que é apenas uma entre muitas e que não é mais somente para ela que se dirigem todas as atenções. Suas vontades não são mais correspondidas…

ocupar as ruas

Milhares de ciclistas saíram de casa hoje cedo com suas bicicletas e foram trabalhar. O volume de pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte está aumentando constantemente. Esse crescimento numérico, por si só, já contribui para a melhoria da segurança dos ciclistas nas ruas, pois está cada vez mais evidente para os motoristas…

cérebro reptiliano

Segundo a Teoria do Cérebro Trino, o cérebro humano se divide em três diferentes unidades funcionais: o cérebro reptiliano, responsável pelas funções fisiológicas do corpo e pelos reflexos simples, como reações agressivas e outros comportamentos sujeitos a condicionamento; o sistema límbico, que controla o comportamento emocional do indivíduo; e o neocórtex, que dá aos seres…

potência

Pedalando pela avenida, ele percebe o motorista logo atrás bastante incomodado. Este buzina, acelera, joga o carro para a esquerda num gesto cheio de atitude e ultrapassa fazendo gestos feios. Logo à frente, no semáforo, o encontro inevitável: — Se fosse um carro lento, você ultrapassaria sem reclamar. Por que é tão difícil ultrapassar uma…

com estas pernas

“Gastei todas as forças, mas deixei o sertão abarcado de ponta a ponta. Com estas pernas. Com estas minhas pernas!” A frase é inspiradora para quem sabe o que é não depender de máquinas, combustível ou dinheiro para se locomover. Síntese triunfante feita pelo personagem Antonio Raposo Tavares no filme Bandeirantes, ao retornar da grande…

épico 2013

ÉPICO 2013 Solo, 4 dias, aproximadamente 310km. dia 1: São Paulo – Campinas (Barão Geraldo) dia 2: Campinas – Holambra dia 3: Holambra – Morungaba dia 4: Morungaba – São Paulo Trajeto completo aqui. Definição de Épico aqui.

épico

ÉPICO s.m. Viagem de bicicleta feita sem o auxílio de qualquer outro meio de transporte, com início e término na residência do viajante e com duração igual ou maior que três dias. Geralmente envolve uma partida venturosa e um retorno triunfante.

gente espaçosa

Quando algum recurso é escasso, uma sociedade inteligente busca formas de tornar o seu uso mais racional. Se há escassez de energia elétrica, por exemplo, é de se esperar que tanto a indústria quanto os usuários façam escolhas coerentes com essa realidade: aqueles, desenvolvendo equipamentos que consomem menos energia; estes, optando por aparelhos mais econômicos…

liberdade e felicidade

O economista canadense John Helliwell contou este episódio numa palestra em São Paulo sobre Felicidade Interna Bruta. Algumas pessoas foram convidadas a participar de uma pesquisa e, como presente pela colaboração, ganhariam uma viagem de vários dias. Elas responderam um questionário com várias perguntas e em seguida viajaram. Sem que os participantes soubessem, o que…

liberdade de ir e vir

Todos são livres para ir e vir. Uma ideia correta, aparentemente autoexplicativa e fácil de concordar, mesmo sem saber exatamente a que ela se refere, na lei. Disseram também que todos devem ter a liberdade de ir e vir no momento em que quiserem, na velocidade que quiserem, do jeito que quiserem, com quem quiserem,…

passar por cima

A ideia de passar com o carro por cima dos outros sempre teve simpatizantes. Na capital do império, onde destruir para consumir é uma filosofia levada a sério, existe o bigfoot: um utilitário adaptado com pneus enormes, com o qual se pode literalmente passar por cima de outros automóveis, levando ao delírio enormes plateias em…

então mata

Uma cena provável. Tanto, que aconteceu comigo esses dias. Depois de ser fisicamente ameaçado pelo motorista do microônibus, que passou muito perto buzinando agressivamente, paro ao seu lado no semáforo e digo: — Desse jeito você ainda vai matar alguém! — Tudo bem, isso não dá cadeia, só matando com arma que dá. Nada a acrescentar. O…

tecnologia

Antigamente, quem andava pela rua falando sozinho era chamado de louco. Aí surgiram uns aparelhinhos esquisitos, bastava você segurar um desses ao lado da cabeça e poderia falar sozinho à vontade. No ônibus ou na sala de espera, de repente uma voz solitária quebra o silêncio. Nossa, que estranho, deve ser um louco falando sozinho….

sortes

Você dirige, eu pedalo. Você se arrasta, vou voando. Você tem medo; eu, nem cinto. Eu vivo vento, você encurralado.

ultrapassagem pela direita

Ultrapassar pela direita é uma manobra bastante usual nas vias urbanas. Apesar de proibida pelo CTB é, na prática, permitida. Segundo o senso comum, a manobra parece ser perfeitamente regular e inofensiva: não há com ela nada de errado nem de perigoso. Uma pesquisa provavelmente mostraria que boa parte dos motoristas acreditam que a regra…

projeto de vida

Você gostaria de poder ir trabalhar diariamente sem ter que enfrentar horas de trânsito numa cidade entupida? Mas você tem feito alguma coisa para que isso se concretize? Ou está esperando que o metrô “chegue” perto de sua casa ou de seu trabalho para só então se livrar do trânsito? Quem quer mesmo viver sem…

produto interno bruto

Quando se afirma que um país cresceu, o que está sendo dito é que o PIB (produto interno bruto) aumentou. O PIB é um indicador que mede a atividade econômica de um país (ou estado ou cidade) e é obtido pela soma de todos os bens e serviços produzidos no território em questão. Uma das…

autódromos públicos

O meninão vê a propaganda na TV. Potência e agilidade. É a minha cara, pensa. Vai até a loja. À vista ou em vezes, dinheiro suado ou ganho sem nenhum esforço, não importa. Mais um carro está nas ruas. Brinquedo novo, o meninão agora pode fazer que nem o galã que dirigia o carro no…

processo civilizatório

Neste blogue, o conceito de civilização se refere simplesmente a um conjunto de práticas e valores que tornam possível viver coletivamente e de forma harmoniosa no espaço comum. Portanto, o processo civilizatório diz respeito à adoção de fato de novas práticas que contribuem para isso, sejam elas impostas por lei ou não. Por vários motivos,…

meninões

Quando uso o termo ‘meninões’ neste blogue, certamente não estou me referindo a pessoas do sexo masculino, jovens e de tamanho grande, como a palavra poderia sugerir. Uso ‘meninões’ para me referir a um grupo de pessoas que não se define por fatores como gênero ou faixa etária, mas sim por um tipo de comportamento….

lar doce lar

Essas pessoas precisam de carros cada vez mais luxuosos e cheios de recursos. Têm bancos confortáveis, com apoios especiais para dor nas costas. Têm ar condicionado totalmente computadorizado, com controle de temperatura aos décimos de grau. Têm painéis cheios de luzinhas coloridas, como nos videogames e filmes de ficção científica. Têm televisão, têm DVD, têm…